17 de maio de 2018

52 em 52|O Quarto de Jack

Olá meninxs! Turu bom? Voltamos ao desafio de filminhos, yaaay! Como eu falo em todos os post, os ilmes que eu vou assistir são decididos primeiro por meio de sugestões dos meus seguidores e depois por votação, tudo isso no meu stories do instagram, quer participar? É só me seguir e acompanhar meus stories, meu ig é @GABBEACH.

 TEMA: INSPIRADOR//O QUARTO DE JACK

Primeiramente vocês precisam saber que toda informação desse post é pensada apenas por mim sem nenhum tipo de pesquisa, é a minha opinião nua e crua.

Depois de uma semana de votação (essa semana eu tenho apenas 4 dias, mas quero diminuir ainda mais o tempo de votação) o filme ganhador no stories do meu ig no instagram @GABBEACH foi O Quarto de Jack, que por ironia foi um filme indicado pela minha colunista e melhor amiga Ravena Maia, pode seguir ela no insta também, ela é super pop @RAVSMAIA.

Basicamente o filme é sobre Joy, sim, outra vez eu assisti um filme onde o nome da protagonista era Joy, e eu não fazia ideia hahaha! Joy foi sequestrada aos 17 anos e passa 7 anos no cativeiro, durante o tempo que esteve em cativeiro ela engravidou e teve Jack, que tem 5 anos.

Se você nunca viu o filme e tá querendo assistir um filme pra chorar, baixa esse, mas baixa agora mesmo! Estávamos em 3 minutos de filmes e eu estava aos prantos, em algumas partes e, particular, as mais importantes do filme, em momentos de transição Jack fala algumas frases, como se fossem os pensamentos dele sobre o que estava acontecendo. Agora imagina os pensamentos de um BEBÊ sobre coisas realmente sérias e agoniantes, sim, porque com 5 aninhos, ainda é bebê sim!

Jack obviamente nunca viu o mundo fora do quarto, na verdade ele acha que o quarto é uma espécie de planeta onde só vivem ele, a mãe e o "velho Nick", é assim que eles chamam o sequestrador, mas é claro que Jack não sabe nada sobre o sequestro, até Joy resolver que o filho dela não tem que passar por isso mais e elabora um plano pra tirar eles dessa situação.

Se ele é inspirador? Muito! Sabe aquele dia que você acorda pensando que não fez nada na vida? Se pergunta se você está vivendo ou apenas existindo? Esse filme mostra que você tem a oportunidade de viver, não se acomodar a situação.


Se você quiser participar do desafio, a imagem vai estar na lateral direita do blog durante todo o tempo em que vou fazer o desafio, meu próximo desafio é Preto e Branco, me segue no insta pra me indicar filmes P&B que você curte!

Não pude falar mais sobre muita coisa, senão ia dar spoiler, mas me contem vocês o que achara, já assistiram? Deu vontade? Me contem tudinho!

14 de maio de 2018

RICH LIST//EU NÃO ESTOU AGUENTANDO A COLEÇÃO MILEYXCONVERSE

Olá meninxs! Turu bom? Gente, lembra do meu desafio de filmes né? Semana passada pedi indicações de filmes do tema e fiz votações para decidir, quem ganhou o tema INSPIRADOR foi 'O Quarto de Jack', vai ter post ainda essa semana sobre! Se você quiser indicar filmes e participar das votações dos próximos temas é só me seguir no instagram @GABBEACH!

Esse ano está sendo um daqueles que comecei achando que estaria milionária em junho (não exagera né gabs) e chegamos em maio e eu estou bem pobre como sempre, pois é. Mas independente da grana ou da falta dela nesse caso, todo mundo tem uma Rich List, coisas que você vai comprar quando tiver rica ou pelo menos quando sobrar algum dinheiro no mês, inspirada nisso resolvi criar essa, inclusive, falando nisso eu quero voltar com o Made In Br, mas tô muito fraquinha de bandas, vou dar uma melhorada nisso também, ok? Vamos pra primeira Rich List da minha vida:

MILEYXCONVERSE

talo-de-maca-miley-converse-all-star1

A muito tempo eu fico vendo teasers dessa coleção no insta, mas honestamente eu não sabia que já havia sido lançada a alguns dias e já está disponível neste país BR, caríssimo inclusive, como o proletariado consegue adquirir essas maravidjosidades? Pra vocês verem como é verdade, eis os sites que estão vendendo, que são, Dafiti e Kanui, olha que precinhos mais camaradas PRA NÃO DIZER O CONTRARIO (clica nessa frase que eu gritei).

São 6 modelitos, lindos de morrer, com as 3 cores mais lindas do mundo, que são Preto, Branco e Rosa, pelo amor da deusa, me fala se esses tênis não são lindos pra cassete!

talo-de-maca-miley-converse-all-star2

talo-de-maca-miley-converse-all-star3

Nos States além do tênis comuns tem também os com plataforma, moletons, mochila, croppeds, bonés, meias... VOCÊ PODE VER ALGUMAS COISAS NESSE SITE

Chato quando a coleção é carissima e nem chega inteira nesse país tão top, né? Mas me falem vocês, o que acharam da coleção? Usariam?

8 de maio de 2018

ENEM 2018

Oi princesudos! Como vocês tem passado? Minha vida anda meio corrida por vários motivos, mas como disse antes, não vou deixar de postar por isso, afinal, é uma coisa que me faz bem! Comececi o desafio super bem, aliás, quem não viu o post. entra AQUI NESSE LINK Ó ele vai te levar diretamente pro meu primeiro tema, meu primeiro filme escolhido! Se você quiser me ajudar a escolher os próximos temas, já sabe, é só me seguir no instagram @GABBEACH e acompanhar meus stories!

O assunto do dia é ENEM, você já se inscreveu?


As inscrições começaram ontem e vão até o dia 18, que vai ser também o último dia para você realizar alterações cadastrais e apresentar laudos médicos. Se você assim como eu. lerdou e não conseguiu pedir isenção, dia 23 de maio é o último dia para pagar a taxa nada amigável de 82 (FUKING) reais, com esse valor o lanche tinha que ser por conta deles, como diria o ditado "quer me f*der, paga uma coca.".

As provas que mais parecem livros de tão grandes (sim, não é a primeira vez que eu faço o enem) agora serão divididas em dois domingos, no dia 4 de Novembro serão aplicadas provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias/Redação/Ciências Humanas e suas Tecnologias e dia 11 de Novembro serão aplicadas Ciências da Natureza e suas Tecnologias/Matemática e suas Tecnologias.

Quem muito se prepara já está estudando à muito tempo e com razão, a concorrência é enorme. 

Infelizmente eu sou a pessoa que deixa tudo pra última hora e agora que vou começar a me organizar com estudos! Antes mesmo de começar a estudar eu tenho uma dica pra vocês que vão estudar sozinhos, sabe o pinterest? Pois é, você vai conseguir estudar muita coisa por lá, a quantidade de pessoas que postam resumos e dicas de estudo é ENORME! Eu vou separar algumas dicas de lá e trazer pra cá também, sempre com os devidos créditos, porque dá trabalho pra fazer!

E vocês, vão se inscrever? Já se inscreveram? Já estão estudando? Me contem! 

6 de maio de 2018

52 em 52|Joy: O Nome do Sucesso

Oi galerous! Tudo bom? Gente, quem me acompanha no inta já viu que eu comecei o #desafioprimeira da Luh Testoni (inclusive esse link já te leva pra fazer a inscrição desse mês de maio), o desafio é fotográfico, não precisa ser fotógrafo, nem ter uma maquina foda, nem um celular caralhistico, a única coisa que você precisa é gostar de fotografar, só isso! Aliás, pra ver minhas fotos e me acompanhar, vai lá no meu insta @gabbeach, eu interajo muuuito por lá!

Como eu sou uma pessoa muito desafiadora, já comecei outro desafio, bem atrasada? sim, porque senão não seria eu.


O primeiro tema do desafio é FEMINISMO, não vou mentir, sou muito leiga no assunto e realmente não iria saber procurar o melhor filme sozinha, então decidi que não somente este tema como todos os outros vão ser decididos por meio do meu stories no intagram, então me sigam suas coisas lindas, me ajudem com os próximos filmes!

Algumas meninas me mandaram sugestões, sério, foram só meninas mesmo! E o que eu mais fiquei curiosa pra ver foi a sugestão da Grid, que é uma amiga maravidjosa, inclusive se inscrevam no canal dela ANUVIAR, sigam o blog dela, also ANUVIAR e sigam ela no insta também @ohmystunning.

JOY: O NOME DO SUCESSO

Quando eu postei no stories ela falou comigo sobre esse filme, que segundo ela era muito inspirador, e é mesmo!

joy-o-nome-do-sucesso-talo-de-maca

Joy era uma criança sonhadora que deixou a vida passar e acabou tendo um casamento fracassado, dois filhos, uma irmã que sinceramente não entendo aquela mulher, queria que ela se mudasse pra china e não voltasse mais e além disso tudo Joy é mãe dos seus pais, de tão teimosos, incompreensíveis e infantis que eles são.

Meu pequeno textinho só trouxe revolta né? Mas não é assim que Joy leva a vida dela e eu também não falei sobre as coisas maravilhosas e as pessoas incríveis que também fazem parte da sua vida, a avó Mimi a aconselha a não deixar a vida dela parar, incentiva ela a correr atrás e  realizar seus sonhos. Apesar de Joy levar o mundo nas costas enquanto tudo vai desabando, ela é persistente, mesmo quando uma coisa dá errado, quando ela acaba fraquejando e caindo, logo ela levanta e continua a correr atrás.

Joy é inventora desde criança, mas nunca teve alguém que acreditasse nela pra dar apoio e patrocínio pra alguma ideia, anos depois, numa crise enorme na vida dela, com a mãe na tv 24hrs por dia, o pai e o ex marido morando no porão, tudo desabando, então ela entra no quarto da filha e começa a desenhar uma invenção que vai virar sua vida de cabeça pra baixo mil vezes.

Quando comecei a assistir o filme tive dificuldade de encontrar o "feminismo" no filme, exatamente por ser leiga, mas logo encontrei onde estava, em toda parte, Joy passa a vida tentando se encaixar num mundo onde todos querem que ela seja apenas uma dona de casa dedicada, o que ela é, uma dona de casa, uma super mãe, e uma mulher muito forte, ela busca igualdade no mercado de trabalho, busca uma vida melhor pra ela, pros filhos e pra família, ela corre atrás! Acho que isso é feminismo afinal, uma mulher forte que não quer se mostrar por ser bonita, ou por ter corpão, uma mulher forte que corre atrás, que tem fibra, uma mulher que busca igualdade de oportunidades!

Essa opinião é unicamente minha. Quero saber a de vocês também! Já viram o filme? O que acharam?

Querem me indicar os próximos temas? Me sigam no instagram @GABBEACH

*imagem do filme retirada do pinterest*

30 de abril de 2018

Você Se Aceita?

Oi pessoinhas! Queria começar o post hoje super feliz, mas infelizmente não é o sentimento que vem me acompanhando, semana passada foi punk em vários sentidos, eu me senti sozinha e também sinto que não posso reclamar por não conseguir dar atenção o suficiente pras pessoas que eu gosto e eu não sei o porque disso. Mas não quero falar com vocês sobre esse problema, quero falar sobre um problema que eu tenho desde a infância, minha auto estima é tão microscópica que penso eu que ela não existe.


Minha história é longa e se repete na minha cabeça desde sempre, mas eu vou resumir pra vocês.
Eu tinha 7 anos quando meus pais "começaram" a se separar, porque eles iam e voltavam e as brigas eram catastróficas, me lembro deles brigando no meio da rua e um monte de gente em volta olhando, como se tivesse acontecido um acidente, isso me marcou muito, eu nunca fui absolutamente magra, mas foi aí que eu comecei a engordar de verdade.

Desde a 3ª série eu sofria muito bullying por isso, as pessoas zoavam sem dó, eu não sentia que tinha amiga nenhuma, mesmo quando aparentemente alguém se dizia ser, já aconteceu de uma menina da minha turma da 3ª série fingir que era minha amiga durante um passeio escolar e no fim do dia começar a juntar um monte de gente pra me zoar usando as coisas que eu tinha falado pra ela durante o dia. Da 5ª à 8ª série, apesar de ser a fase mais gorda da minha vida e a fase que eu mais me odiava, eu achei 6 pessoas incríveis, infelizmente não nos falamos com frequência hoje em dia, mas gosto muito de lembrar que as tive na minha vida. 

Quando o ensino fundamental acabou, eu tinha 67kg com 1,64 de altura, eu vestia quase 44, mas o problema não era o número que eu vestia, o problema é que eu não me aceitava daquela forma, em dois meses eu desenvolvi bulimia e parei de comer, primeiro inventei que era vegetariana (eu amo carne), depois inventei que não comia mais massa (eu amo massa), acaba que no arroz, feijão e carne de todo dia, não sobrava nada que eu comesse e eu também pouco me importava, comecei a frequentar blogs AnaMia, fazia os desafios propostos, e criei um blog anamia secreto pra mim, passava um dia tomando só água e no outro comia 9 biscoitos cream cracker divididos em almoço, lanche e janta, cheguei a pesar 49 kg, mas eu achava pouco e queria emagrecer mais, não conseguia, me sentia fraca por isso, uma inútil por não conseguir ser bonita.

No ensino médio eu me deparei com a beleza real, as meninas em grande maioria eram modelos e eu era a menina estranha da escola, tinha duas amigas, eram modelos, populares, divertidas, lindas, eu me sentia o ser mais feio perto delas, mas amava muito as duas e elas também me amavam (assim espero viu suas raparigas), as vezes eu frequentava os lugares que elas iam e pasmem, até tentei ser modelo, mesmo me sentindo horrível sempre. A bulimia não passou e eu comecei a tomar cachaça que nem uma doida.

Passou né? Mais ou menos.

Eu não consigo me aceitar de forma alguma, eu não consigo me achar bonita, nem importante, nem útil, nem interessante, nem legal, nada, o único sentimento que eu tenho por mim mesma é desprezo, eu me vejo tão horrível em tudo que de verdade, eu me olho no espelho e não me reconheço como um ser humano, eu me odeio, e nos últimos dias isso tem me voltado com uma força enorme, eu chorei umas 10 vezes essa semana por não ser o suficiente, por não ser a pessoa que eu idealizava, por não ser magra e nem bonita, não tá certo isso, eu sei, mas eu não sei mais o que fazer, eu sei que eu não sou a única a passar por isso, mas queria saber mesmo é como superar isso, como se sentir especial? Você consegue? Você se aceita?

Veja também: Plugin for WordPress, Blogger...